Imagem do ACAREG

A Imagem do ACAREG 2016 é representada por um conjunto de estrelas que são os nossos escuteiros, sendo delas que brotará a luz do ACAREG, assim como da diferença que cada um pode fazer no mundo. Cada uma das estrelas será parte de uma constelação maior e, sobre estas, resplandecem os subcampos representados pelos animais de cada secção.

Ursa Major - O Urso é o animal que está sobre a constelação Ursa Maior, e que se apresenta amigo, conselheiro e bonacheirão. Por esse motivo, foi escolhido para dar nome ao Campo dos Lobitos.

Cygnus - Cisne é o animal que está sobre a constelação Cygnus e trata-se de uma ave migratória, que viaja em bando com os seus companheiros, tal como os Exploradores viajam em grupo em busca da aventura da expansão de amigos e aliados. Cygnus é o nome do Campo dos Exploradores.

Castor - Castor foi o animal escolhido para dar o nome ao Campo dos Pioneiros, a quem Cristo lança o desafio “Reconstrói a TUA Igreja”. Na verdade, não existe uma constelação Cástor, mas sim uma estrela.  No entanto, este animal é um dos paladinos da construção, em comunidade, de um mundo melhor e mais justo. Por esse motivo, foi o animal escolhido.

Phoenix - A fénix está sobre a constelação Phoenix. Trata-se de uma ave mitológica, que renasce das cinzas e demonstra uma capacidade constante de se transformar e renovar. Por esse motivo, escolhemos Phoenix para nome do Campo dos Caminheiros, lembrando-os constantemente da necessidade de se transformarem, de deixarem para trás o supérfluo e renovarem as suas opções, sendo chamados a viver integralmente em Cristo, o “Homem Novo”, assumindo que as suas ações e práticas, de todos os dias, constituem um caminho em crescendo, dando testemunho de Homens Renovados, ativos na construção dos “novos céus e da nova terra”.

Lupus - o Lobo, Animal central. Representa o imaginário e a ligação a S. Francisco, num uivo forte, que nos chama para o caminho a seguir, com ajuda da rosa dos ventos, símbolo da GSM da Região de Braga, e em volta da qual nascem novos sonhos e novos projetos. A sua organização em alcateias, com funções definidas, equipara-se à organização do nosso movimento. O Lobo, estará presente em todas as secções, nas suas atividades e sonhos.

No ACAREG, queremos que os escuteiros possam brilhar mais alto e mais intensamente durante a semana do acampamento.

Estes sonhos e projetos, oriundos dos nossos Lobitos, Exploradores, Pioneiros e Caminheiros, são traduzidos pela presença dos seus olhares, como convite a sentirem que são diferentes, construtores de testemunhos renovados num horizonte que os leve à ação e ao tema do ACAREG 2016 -  “Um Escuteiro Diferente”.

O fundo escuro representa a noite e o sonho. Representa a capacidade de o escuteiro sonhar e tornar realidade o seu sonho. Reproduz, ainda,  as noites estreladas do Ermal. A sua luz irá refletir -se na imensidão de escuteiros que estarão presentes naquele espaço, para nos guiar e fazer durar o nosso amor pelo próximo.

Água - Símbolo da vida e da renovação da mesma. Símbolo indelével do Ermal e símbolo maior das atividades de verão dos escuteiros.

Montanhas, Árvores - Símbolo da natureza e do acampamento, espaço privilegiado para os escuteiros, em comunhão e respeito pela natureza.

Locusta - O gafanhoto (Locusta em latim) é O Guardião, aquele que protege os escuteiros e permite ao Dirigente abrir os portais do sonho. Locusta é o nome do Campo do staff que, neste ACAREG, toma o nome de Bem-Estar.

A Flor de Lis e o logo da GSM que nos une ao sentimento de escuteiros católicos e a união para que “Todos Sejam Um”.

A presença do TAU, símbolo dos Franciscanos, e do desprendimento para a vivência de um ACAREG DIFERENTE. Adaptamos as três virtudes da Pobreza, Obediência e Castidade, presentes nos nós do Tau, pelos três sentidos do Escuteiro Diferente: diferente (para melhor) do que era ontem, praticando um escutismo diferente e marcando a diferença por onde passe.

Visita!